Esposa é agredida até desmaiar, tem dentes quebrados e fica em coma no hospital em MS

Autor não teria gostado de como a esposa falou e a xingou de ‘vagabunda’, momento em que a vítima desferiu um tapa no rosto do marido

| RADAR MS, , MIDIAMAX


A Polícia Civil procura por um homem de 46 anos, acusado de tentar matar a esposa de 34 anos, em Campo Grande, no Jardim Presidente. A mulher foi espancada com socos e chutes, teve quatro dentes quebrados e foi internada em coma, na Santa Casa.

A delegada da Deam. Sueili Araújo disse que foi expedido o pedido de prisão preventiva do autor, que está foragido. A mulher passou três dias internada em coma, na Santa Casa e só nesta quinta-feira (23) foi para um quarto no hospital. A tentativa de feminicidio aconteceu no último domingo (19), na residência do casal.

O casal estava ingerindo bebidas alcoólicas quando passaram a discutir sobre a criação de uma de suas filhas. Eles têm três filhas, de 06, 12 e 16 anos, que estavam na casa no momento das agressões. O autor não teria gostado de como a esposa falou e a xingou de ‘vagabunda’, momento em que a vítima desferiu um tapa no rosto do marido.

Foi aí, então, que a sessão de espancamento começou com socos e chutes contra a mulher. As filhas com medo se trancaram no banheiro e a mais velha tentou ligar para a polícia, mas devido ao nervosismo não conseguiu e passaram a gritar por socorro. O homem ainda tentou enforcar a esposa com a alça da bolsa dela.

A mulher ainda foi arrastada para fora de casa pelas pernas e teve a cabeça batida contra o chão da calçada. Com isso, ela perdeu quatro dentes e desmaiou. As filhas saíram gritando de dentro da casa e os vizinhos passaram a se aglomerar em frente à residência. Momento, em que o autor fugiu.

Ele já teria passagem por homicídio e a polícia procura por ele. A vítima ainda está internada no hospital.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE