Imagem de satélite denuncia desmate e fazendeiro é multado em R$ 184 mil

Área de 36,8 hectares de reserva legal foi devastada.

| CAMPO GRANDE NEWS / JONES MáRIO


Local virou pasto para gado bovino e madeira desmatada sumiu (Foto: Divulgação/PMA)

A PMA (Polícia Militar Ambiental) aplicou multa de R$ 184,2 mil a fazendeiro de 54 anos, de São Gabriel do Oeste, pelo desmatamento ilegal de 36,85 hectares de vegetação nativa protegida por lei. O crime ocorreu em 2017, mas foi identificado por imagens de satélite.

Policiais constataram o desmate em área de reserva legal da fazenda em fiscalização realizada na segunda-feira (20). Segundo divulgou a PMA, o local já tinha plantio de pastagem e criação de gado bovino. A madeira resultante do desmate já havia sido removida.

A polícia interditou as atividades da propriedade. O fazendeiro, residente em São Gabriel do Oeste, também foi autuado administrativamente por supressão de área de reserva legal e notificado a apresentar Prada (Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada) ao órgão ambiental estadual.

O proprietário vai responder por crime ambiental, com pena prevista de um a três anos de detenção.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE