Após números baixos e aumento do coronavírus, população de Douradina ‘se isola’ e tem melhor índice de MS

O toque de recolher, anteriormente iniciando às 23h, foi estendido e passou a valer entre 21h e 5h. 

| DOURADOSNEWS / ADRIANO MORETTO


Município de Douradina teve a melhor taxa de isolamento - Crédito: Divulgação

Após chegar a 15 casos confirmados de coronavírus e se manter como um dos maiores índices de contaminação da doença para grupos de 100 mil habitantes (253,2), segundo a SES (Secretaria de Estado de Saúde), o município de Douradina, distante aproximadamente 30km de Dourados, apresentou a melhor taxa de isolamento em Mato Grosso do Sul no domingo. 

Segundo os dados apresentados pelo governo do Estado nesta segunda (25/5), 64,1% dos aproximadamente 5,3 mil moradores atenderam ao apelo das autoridades sanitárias e ficaram ‘em casa’. O número é próximo ao recomendado de 70%.

Na sexta-feira (22/5), conforme mostrado pelo Dourados News, a cidade apresentava índices alarmantes, com 25,6% de isolamento no dia anterior e nove casos confirmados para o coronavírus. 

Quatro dias antes, em 18 de maio, a administração municipal havia divulgado novas medidas para o enfrentamento da doença após ver aumentar a quantidade de pessoas infectadas na cidade. 

O toque de recolher, anteriormente iniciando às 23h, foi estendido e passou a valer entre 21h e 5h. 

Também foi determinado o isolamento da população via decreto, apontando que do dia 19 de maio a 1º de junho, só poderá ocorrer circulação de pessoas “relativas ao deslocamento ao trabalho, para subsistência própria e de suas famílias, para consumo de bens ou serviços autorizados”.

O consumo em bares e conveniências foi proibido, assim como a disponibilização de mesas e cadeiras nesses locais, além de ser vedado “o funcionamento de supermercados, mercados, mercearias, conveniências, frutarias, bares, entre outros”, aos domingos na cidade.

Dourados 

Já na maior cidade do interior sul-mato-grossense, o índice de isolamento aumentou em relação aos dias úteis e terminou o domingo com 53,3% das pessoas em casa ao longo do dia. 

As piores taxas de ontem ocorreram nos municípios de Japorã (31,8%) e Caracol (32,3%). 


Curta a página JORNAL RADAR MS e seja o primeiro a saber de todas as notícias do Mato Grosso do Sul.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE