Operação da polícia paulista prende membro de quadrilha em Caarapó

Em Caarapó, homem de 31 anos, indiciado por liderar organização criminosa, homicídio qualificado, além de tráfico de armas de fogo, foi preso. Ele era um dos principais alvos da operação. 

| DOURADOSNEWS / DA REDAçãO


Homem foi preso em Caarapó e era um dos principais alvos de operação - Crédito: Divulgação

Segunda fase da Operação Bala de Prata, desencadeada nesta terça-feira (14/7) por policiais do GOE (Grupo de Operações Especiais) e do Deic (Departamento de Investigações Sobre o Crime Organizado) de São Paulo, cumpriu mandados em cidades do interior daquele Estado e em Caarapó. Na ação em Mato Grosso do Sul, houve apoio da Polícia Militar local. 

As determinações judiciais ocorreram ainda em Valparaíso, Mirandópolis, Araçatuba, todas em São Paulo.

Os policiais foram até as cidades para cumprir 20 mandados de busca e três mandados de prisões preventivas. Os investigados, segundo o portal do SBT, fazem parte de uma organização criminosa suspeita de praticar homicídios e traficar drogas na região.

Em Caarapó, homem de 31 anos, indiciado por liderar organização criminosa, homicídio qualificado, além de tráfico de armas de fogo, foi preso. Ele era um dos principais alvos da operação. 

Durante as ações, um revólver calibre .44, sete munições do mesmo calibre, 13 munições integras de calibre .38, quatro cartuchos íntegros de calibre .36; três celulares; uma balança de precisão; 80 microtubos vazios; três porções de maconha, além de petrechos para recarregar munições.


Curta a página JORNAL RADAR MS e seja o primeiro a saber de todas as notícias do Mato Grosso do Sul.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE