Estudante de medicina é preso acusado de abastecer bocas de fumo em Campo Grande

Foi preso junto de comparsa quando levava drogas para outro traficante.

| MIDIAMAX


(Henrique Arakaki, Midiamax)

Policiais da Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico) prenderam na noite desta terça-feira (11) dois jovens que faziam o trabalho de abastecer bocas de fumo em Campo Grande. Um dos presos é um estudante de medicina de 24 anos.

A prisão aconteceu depois que os investigadores tiveram a informação de que uma casa, no bairro Colibri estava servindo de depósito para guardar maconha que vinha do Paraguai. Os policiais fizeram campana e flagraram o momento em que um Fiat Pálio entrava de marcha ré na garagem da casa.

Momentos depois, o carro saia com dois ocupantes que foram abordados pelos policiais. Dentro do carro estavam 32 tabletes de maconha e no interior da residência mais 42 tabletes foram encontrados, totalizando 68 quilos da droga.

Os dois rapazes presos estavam indo entregar a maconha para outro traficante na cidade para abastecer as bocas de fumo. Conversas no aplicativo WhatsApp foram encontradas com negociação de venda e compra da droga, que vinha do Paraguai. Um dos alvos acabou fugindo pulando os muros das residências. Já foi expedido um mandado de prisão contra ele.


Curta a página JORNAL RADAR MS e seja o primeiro a saber de todas as notícias do Mato Grosso do Sul.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE