Vídeo: Pintado de 60 kg é capturado no Rio Brilhante

Ele pegou o peixe no trecho do rio que é conhecido como ‘Brilhantão’, quando o rio passa pelo município de Deodápolis.

| JD1 NOTíCIAS/MATHEUS RONDON COM INFORMAçõES DO DIáRIO MS


Contabilista Odacil com o pintado no rio Brilhante   (Reprodução/Internet)

Um peixe pintado foi capturado pelo contabilista de Dourados, Odacil Barbosa, segundo ele, o animal tem o peso estimado de 60 quilos, 1,70 de comprimento e 94 centímetros de circunferência, no rio Brilhante, no dia 5 de setembro.

Adepto da pesca esportiva (quando a finalidade não é para consumo e o animal é devolvido de volta a natureza), ele pegou o que chamou de “maior peixe” da sua vida no trecho do rio que é conhecido como ‘Brilhantão’, quando o rio passa pelo município de Deodápolis.

Odacil estava com outros dois amigos num barco quando, por volta das 13h sentiram a fisgada. “Durante pelo menos uns 20 minutos, ficamos lutando com o animal, mas a gente nem sabia o que era”, contou ao Diário MS.

Depois, segundo relatou, foram pelo menos mais 40 minutos até que conseguissem colocar o peixe no barco, em momento de enorme euforia, conforme mostram imagens de vídeos feitos por um dos pescadores do barco e também por pessoas que estavam em outras embarcações, acompanhando a pescaria. “Alguns barcos se aproximaram para ver a briga mais de perto, torcendo pra gente conseguir”, relembrou.

“É o maior peixe que já peguei na vida até hoje”, festejou, bem feliz com a façanha. O grupo mediu o peixe, fez vídeos e fotos e em seguida devolveu o pintado ao rio.

“A preservação é muito importante para possibilitar que esses peixes se tornem abundantes em nossos rios, aqui em Mato Grosso do Sul”, disse ele ao Diário MS.

O contabilista pratica pesca esportiva e reforça que os chamados peixes gigantes são raros em rios como o Brilhante e o Dourado, onde eles sobem para procriar, vindos principalmente de rios da Argentina.

PRESERVAÇÃO

Pensando na preservação de peixes surgiu um grupo de whatsapp chamado ‘Gigantes nos Rios Brilhante e Dourado’. Do grupo pode participar qualquer pescador que tenha a consciência sobre o quanto é importante preservar rios.

Quem consegue pegar um exemplar de peixe gigante deve seguir algumas regras, como medir, fotografar e gravar em vídeo a devolução para a água. Depois basta compartilhar. Informações podem ser obtidas em lojas especializadas em produtos para pesca, em Dourados.


Curta a página JORNAL RADAR MS e seja o primeiro a saber de todas as notícias do Mato Grosso do Sul.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE