Com leilão na 6ª feira, governo recebe hoje as propostas da PPP do saneamento

Quatro empresas pediram informações sobre edital, mas concorrentes serão definidas nesta segunda-feira.

| ALINE DOS SANTOS / CAMPO GRANDE NEWS


Obras de saneamento da Sanesul em Ponta Porã. (Foto: Sanesul)

Com leilão marcado para sexta-feira (dia 23), o governo do Estado recebe hoje as propostas no projeto de PPP (Parceria Público-Privada) do esgotamento sanitário. Os documentos serão entregues na Bolsa de Valores de São Paulo, mesmo local do leilão.

A PPP tem objetivo de universalizar os serviços de esgotamento sanitário nos municípios atendidos pela Sanesul (Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul) nos próximos 10 anos e beneficiará 1,7 milhão de pessoas em 68 municípios. A previsão é investir R$ 4,5 bilhões.

Quem vencer a licitação vai fazer o investimento privado e irá receber por meio de taxa de cobrança do esgoto. O período de concessão previsto é de 30 anos.

De acordo com a assessoria de imprensa do governo, os investidores entregarão as propostas e só então serão conhecidos os participantes.

O edital da licitação foi publicado em 15 de junho e, durante o período de apresentação de pedidos de esclarecimentos, foram recebidos questionamentos sobre os aspectos técnico, econômico-financeiro e jurídico de grupos de investidores interessados no projeto.

A lista tem Conasa Infraestrutura S/A (com sede no Paraná), Fornort Desenvolvimento Ambiental e Urbano Eireli (que tem matriz em Santos, litoral de São Paulo), BRK Ambiental Participações S/A (braço da canadense Brookfield) e GCE S/A (localizada no Distrito Federal).

Rodovia – No ano passado, o governo do Estado formalizou a concessão da MS-306, que liga os municípios de Costa Rica, Chapadão do Sul e Cassilândia.

O Consórcio Way – 306, liderado pela empresa de logística GLP, vai pagar R$ 605,3 milhões ao governo para explorar o trecho.

Com leilão, também realizado na Bolsa de Valores de São Paulo, o governo entregou a primeira rodovia estadual à iniciativa privada. A projeção é de investimento de R$ 1,7 bilhão na via nos próximos cinco anos com a realização da PPP.


Curta a página JORNAL RADAR MS e seja o primeiro a saber de todas as notícias do Mato Grosso do Sul.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE