Com aumento da covid, UTI da Santa Casa atinge 100% de ocupação

Taxa que foi de 50% na quarta-feira dobrou nos dias seguintes.

| GABRIEL NERIS / CAMPO GRANDE NEWS


Paciente encamado na Santa Casa de Campo Grande (Foto: Marcos Maluf)

Reflexo do aumento de casos de covid-19 em Mato Grosso do Sul, a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) da Santa Casa de Campo Grande atingiu a capacidade máxima durante o fim de semana.

São dez leitos para pacientes contaminados pelo novo coronavírus. Segundo o hospital, na quarta-feira a taxa era de 50%. Dois dias depois passou para 80% e passou entre sábado e esta segunda-feira (23) com 100% de ocupação.

Conforme o maior hospital do Estado, todos os pacientes são transferidos do Hospital Regional, também na Capital. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, a taxa de ocupação global da macrorregião de Campo Grande é de 79%.

De acordo com o boletim da SES (Secretaria Estadual de Saúde) divulgado hoje, nas últimas 24 horas foram 503 novos infectados pela doença em todo Estado, com cinco mortes pela doença.

Somente na Capital foram mais 345 novos casos, somando 42.134 casos. No total são 92.970 casos confirmados e 1.727 óbitos desde o início da pandemia.

Entre as novas mortes registradas, duas idosas são de Campo Grande, de 68 e 79 anos. Os outros pacientes também eram idosos de Cassilândia, de 81 anos, de Três Lagoas, de 73 anos, e de Dourados, com 91 anos.


Curta a página JORNAL RADAR MS e seja o primeiro a saber de todas as notícias do Mato Grosso do Sul.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE