Após receber nudes, jovem ameaçou adolescente com foto de arma

Rapaz foi preso na manhã de ontem (2) em Campo Grande.

| KEROLYN ARAúJO / CAMPO GRANDE NEWS


Suspeito foi levado para a DEPCA (Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente). (Foto: Henrique Kawaminami)

Preso na manhã de ontem (1°), suspeito de usar perfil fake nas redes sociais para assediar adolescentes, jovem de 22 anos chegou a ameaçar uma das vítimas mandando foto de um revólver. O caso ocorreu em Campo Grande.

Conforme apurou as investigações, comandada pela DEPCA (Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente), o suspeito adicionava as adolescentes, com idades entre 13 a 17 anos, no Facebook e Instagram. Ele se aproximava das vítimas se passando por fiel de igrejas evangélicas. Pelas redes sociais, ele mandava nudes e vídeos se masturbando para as meninas.

Após ser preso, a polícia fez buscas no celular do suspeito e encontrou nudes de adolescentes. Duas delas, de 15 e 17 anos, foram identificadas e levadas à DEPCA.

Na delegacia, a menina de 15 anos assumiu que enviou fotos sensuais ao rapaz e foi ameaçada de morte. Por mensagem no WhatsApp, ele disse que se ela não ficasse com ele, não ficaria com mais ninguém. Depois, mandou a foto de um revólver para intimidar a vítima.

As duas adolescentes afirmaram que conheceram o suspeito em grupos de jovens em igrejas evangélicas.

Em depoimento à polícia, o rapaz contou que utiliza as redes sociais há cinco anos para assediar adolescentes e que já fez isso com centenas. Ele disse que tem 'tara' pelas meninas.

O rapaz foi preso e passará por audiência de custódia nesta quarta-feira (2).


Curta a página JORNAL RADAR MS e seja o primeiro a saber de todas as notícias do Mato Grosso do Sul.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE