Triste realidade: só morte abre vaga em leitos de UTI em Dourados

Com nove óbitos em 3 dias, taxa de ocupação diminuiu de segunda para hoje.

| HELIO DE FREITAS, DE DOURADOS / CAMPO GRANDE NEWS


Ambulância em frente ao HU, onde morreu uma das 3 mais recentes vítimas da covid (Foto: Arquivo)

A taxa de ocupação de leitos de terapia intensiva diminuiu nos últimos três dias em Dourados, a 233 km de Campo Grande. A redução coincide com o aumento das mortes, o que levanta a hipótese de que as vagas surgiram porque os pacientes internados nesses leitos morreram em decorrência da covid-19.

De segunda-feira até hoje (3), nove pessoas morreram nos hospitais de Dourados. Cinco eram moradores locais e quatro residiam em cidades vizinhas.

Há três dias, os hospitais de Dourados tinham 26 infectados pelo novo coronavírus em leitos de UTI. Doze eram moradores locais e 14 de cidades vizinhas. O boletim desta quinta-feira informa 19 internados em terapia intensiva – 6 de Dourados e 13 de cidades da região.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI destinados a pacientes com covid-19 estava em 94% na segunda-feira. Ontem, esse índice estava em 78%. A taxa de hoje ainda não foi divulgada.

Nesta quinta-feira (3), a assessoria de imprensa da prefeitura informou três mortes de moradores de Dourados nas últimas 24 horas. As vítimas mais recentes do vírus tinham 21, 54 e 85 anos. Duas mortes ocorreram ontem e a terceira foi confirmada hoje.

Vítima de acidente de trânsito no final de setembro, o rapaz de 21 anos ficou internado no Hospital da Vida até o dia 22 do mês passado, quando foi transferido para setor especializado do HU (Hospital Universitário) de Dourados.

No dia 27 de novembro foi confirmado por exame que ele estava infectado pelo coronavírus. O rapaz morreu na madrugada desta quinta-feira. O atestado de óbito aponta covid e complicações em decorrência do acidente.

Casos – O número de casos positivos continua em alta em Dourados. Com 98 exames positivos nas últimas 24 horas, o número de pessoas infectadas desde o início da pandemia chegou a 10.238 – 285 a mais em três dias.

O município que chegou a menos de 400 casos ativos em agosto, hoje tem 814 pessoas doentes – 798 em isolamento domiciliar e 16 internadas. Com as três mortes das últimas 24 horas, o total de óbitos residentes em Dourados foi a 125. Outras 71 pessoas que moravam em cidades da região morreram nos hospitais douradenses.


Curta a página JORNAL RADAR MS e seja o primeiro a saber de todas as notícias do Mato Grosso do Sul.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE