Equipe flagra 'gato' na casa de funcionário da Energisa

Moradores desconheciam a irregularidade no medidor.

| JD1 NOTíCIAS/JOILSON FRANCELINO


Uma equipe da concessionária de energia elétrica de Mato Grosso do Sul, Energisa, atendeu uma ordem de serviço em residência e se depararam com irregularidade no relógio de medição, o qual estava ligado direto, sem passar pelo medidor, popularmente conhecido como “gato”.

O fato que aconteceu na segunda-feira (12), em Água Clara – interior do Estado – chama a atenção pelo fato de a irregularidade ser flagrada na residência de um suposto funcionário da Energisa, identificado apenas como Diego. O trabalhador não estava em casa e a equipe da Energisa foi recebida pela esposa, que alegou não saber da existência da irregularidade.

A esposa e o funcionário da Enegisa ficaram a disposição para esclarecimentos. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia de Água Clara como furto qualificado com abuso de confiança.

Em resposta ao JD1 Notícias, a Energisa mandou a seguinte nota sobre o caso:

'A Energisa esclarece que não compactua com  práticas ilegais, como furto de energia, e que norteia a conduta dos colaboradores no combate à corrupção e comportamentos antiéticos por meio do Código de Ética do Grupo Energisa e ressalta ainda que vai instaurar um procedimento administrativo para aplicação das medidas disciplinares previstas em lei.'

*Matéria alterada às 12h55 para acréscimo de informação


Curta a página JORNAL RADAR MS e seja o primeiro a saber de todas as notícias do Mato Grosso do Sul.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE